Acedemia x crossfit, veja quais os benefícios do crossfit

Academia x Crossfit: Por que eu mudei

Depoimento de Lucas Lima, empresário e aluno da Crossfit High Pulse, a respeito do dilema: Academia x CrossFit

Nunca fui uma pessoa muito ativa. Até meus 17 anos todo meu exercício diário consistia em levantar da cadeira para comer alguma coisa na cozinha e então voltar para frente do computador. Na maioria das vezes acompanhado de uma ou duas latinhas de refrigerante.

Meu primeiro contato com os exercícios físicos aconteceu quando, depois de assistir um vídeo no YouTube sobre sedentarismo, resolvi colocar meu par de tênis velho e sair para uma corrida.

Não demorou muito para eu entrar em uma academia de musculação. Comecei a frequentar regularmente a academia, seguindo religiosamente as rotinas de exercícios que me eram passadas e me esforçando ao máximo nos treinos.

Apesar de todo o esforço e disciplina, os resultados que eu procurava, como desenvolvimento de força e condicionamento físico, em geral nunca vieram de forma satisfatória.

Mesmo com o desenvolvimento muscular e estético do meu corpo, eu não estava me sentindo bem fisicamente. A musculação parecia não ser suficiente para me desenvolver, além de ser um processo rotineiro e ‘chato’, pelo menos para mim.

Então eu conheci o Crossfit.

CrossFit CuritibaO Crossfit teve sua origem em meados da década de 90 nos Estados Unidos e não demorou muito para se disseminar por todo o mundo. No Brasil ele só ganhou notoriedade a partir de 2010, quando as primeiras academias de CrossFit especializadas (ou box de CrossFit, como costumam ser chamadas) começaram a surgir em São Paulo e outras capitais brasileiras.

Trata-se de um programa de treinamento que visa o desenvolvimento de força e condicionamento físico em geral, através de uma grande variedade de exercícios que geram uma maior optimização de todas as capacidades físicas, como resistência cardiorespiratória, resistência muscular, força, flexibilidade, potência, coordenação, agilidade, equilíbrio, velocidade e precisão.

Em contrapartida, a musculação trabalha os músculos de forma isolada e depende de máquinas próprias, fazendo com que o treino seja monótono e entediante para a maioria das pessoas. Além disso o resultado físico da musculação se limita quase que exclusivamente ao desenvolvimento muscular e acaba descartando todas as outras habilidades que poderiam ser desenvolvidas com o CrossFit.

Obviamente a musculação pode ser melhor que o CrossFit caso seu objetivo seja unicamente o desenvolvimento muscular. Mas em termos de desenvolvimento físico em geral, sem dúvidas o CrossFit traz muito mais benefícios do que a musculação.

Isso por que os exercícios feitos no CrossFit consistem em movimentos amplos, naturais do corpo humano e que recrutam um grande conjunto de músculos ao serem executados, exigindo muito mais do corpo do que uma série de supino, por exemplo.

modelo 01O resultado? Corpos muito mais harmoniosos, maior resistência cardiorespiratória e força funcional.

Além de tudo que já foi dito, os treinos de CrossFit são muito mais divertidos pelo fato de abrangerem uma grande variedade de exercícios e rotinas que são definidas no dia do treino. Esses treinos são conhecidos como WOD (Workout of the Day).

Um WOD nunca é igual ao outro e todos os alunos treinam juntos e descobrem as técnicas no dia, o que estimula uma série de atributos mentais e psicológicos dos praticantes (devido ao fator surpresa) e também o trabalho em equipe entre eles.

Com o CrossFit você fica em forma, desenvolve uma série de habilidades físicas extremamente úteis para o seu dia-a-dia e ainda se diverte, uma vez que sempre haverá um novo desafio para ser superado. Como os próprios praticantes costumam dizer, no CrossFit você aprende a ficar confortável frente ao desconforto.

 

Related Post
O CrossFit como filosofia de vida
Genética é desculpa no CrossFit?
Como melhorar a mobilidade no CrossFit?
O que é mobilidade no Crossfit? E por que ela é tão importante?
Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *