CrossFit Brasil, Alta performance, dicas de treino de CrossFit

Como melhorar a performance do seu esporte com o CrossFit

Greg Glassman era apenas um atleta adolescente quando começou a desenvolver um método para melhorar a performance de treinos de força e condicionamento físico que anos mais tarde daria origem ao CrossFit.

Quando ainda era um adolescente, ele descobriu que através do levantamento de peso e exercícios específicos ele poderia ficar mais forte do que qualquer outro atleta de sua categoria.

Assim como a maioria dos atletas adolescentes, Greg não tinha o menor talento para a ginástica e logo percebeu que conhecia várias pessoas que eram excelentes atletas em suas modalidades específicas, mas ninguém tinha uma condição física necessária para ser nem mesmo razoavelmente bom em várias modalidades ao mesmo tempo.

Esse pensamento o levou à seguinte questão: qual o preço que as pessoas estavam pagando quando se especializavam em alguma esporte? Será que elas não estavam deixando de desenvolver outros aspectos importantes para o condicionamento físico de uma forma geral?

Não demorou muito para que Greg começasse a desenvolver seu método de treinamento que buscava o desenvolvimento do condicionamento físico de uma forma mais abrangente, explorando várias capacidades como flexibilidade, explosão, capacidade cardiorespiratória, agilidade, velocidade e equilíbrio.

Habilidades do CrossFit

Em 2000 a marca CrossFit foi patenteada e a primeira academia certificada foi inaugurada na cidade de Santa Cruz, na California. Com o passar dos anos o número de academias certificadas foi se multiplicando e desde então o CrossFit tem se tornado cada ano mais popular ao redor do mundo, atraindo a atenção de atletas profissionais por causa de seus diversos benefícios físicos e mentais.

Atletas de altíssimo nível como Knowshon Moreno (NFL), Dean Karnazes (O Ultramaratonista), Robert Oberst (Strongman), Robert Guerrero (Boxe), além de muitos outros, já disseram que o treino de CrossFit é parte fundamental do desenvolvimento e manutenção de suas capacidades físicas.

Força a resistência não são as únicas habilidades que podem ser desenvolvidas com  o CrossFit, como o atleta da equipe olímpica de remo da Suiça, Simon Schürch, mostra no vídeo.

Segundo ele, o movimento de entrar naqueles barcos pequenos e estreitos é o mesmo realizado durante um pistol squat, que por sinal ele executa incrivelmente bem enquanto se equilibra na tábua, simulando o movimento do bote na água.

O CrossFit é um sistema consistente que torna pessoas mais fortes, independente de serem atletas profissionais ou pessoas comuns que só querem ficar em forma.

Mas como conciliar os treinos de CrossFit com os treinos de seu esporte?

Para o coach Kuelkey, da box alemã CrossFit Turicum, o treino de um atleta que quer melhorar sua performance em determinado esporte através do CrossFit deve ser focado na execução de exercícios funcionais específicos, trabalho de mobilidade e movimentos mais técnicos que devem ser ajustados a sua rotina diária.

Kuelkey também ressalta a importância da elaboração de um plano de recuperação muscular, uma vez que treinar CrossFit tem um grande impacto no SNC (Sistema Nervoso Central) e células musculares.

Além de todos benefícios físicos, muitas pessoas ainda subestimam o fator psicológico que treinar CrossFit pode proporcionar aos atletas.

Atletas profissionais possuem uma rotina bem restrita, que na maioria das vezes não incluem uma variedade grande de exercícios. Por isso uma quebra na rotina como os WODs (Workout of the Day) pode trazer algum “ar fresco” ao seu treinamento.

Como a própria natureza do CrossFit é diversa, o fator surpresa sempre estará presente durante os treinos, desafiando-os diariamente e os mantendo motivados.

Afinal, quem é que não gosta de um desafio?

E aí?! Deseja se desafiar ou melhorar sua performance? Agende sua aula experimental para treinar CrossFit em Curitiba com a High Pulse!

 

Related Post
O CrossFit como filosofia de vida
Genética é desculpa no CrossFit?
Como melhorar a mobilidade no CrossFit?
O que é mobilidade no Crossfit? E por que ela é tão importante?
Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *